Apitoxina

ApitoxinaA apitoxina é o veneno das abelhas operárias. É produzido pelas glândulas de veneno e armazenado no “saco de veneno” situado na base do ferrão, para ser utilizado na defesa da colônia, É por ela é inoculado através do ferrão, causando dor e inchaço. Cada operária produz 0,3 mg de veneno, que é uma substância transparente, que se dissolve em água e é composta por proteínas, gorduras e enzimas.

A apitoxina é um produto que tem se tornado extremamente importante para a terapia da artrite reumatóide e da osteoartrite. A artrite reumatóide é uma doença de difícil tratamento e, até o momento, não existe cura. Os anti-inflamatórios não-esteroidais (AINEs) são a base do tratamento, porém esses fármacos apresentam diversos efeitos adversos que comprometem a sua utilização, tais como irritação gastrointestinal, reações na pele, aumento do tempo de coagulação sangüínea, toxicidade hepática reversível e comprometimento da função renal.